• Março 14

    Estudantes de medicina querem reduzir número de vagas para garantir qualidade

    Estão todos de acordo. Portugal tem médicos a mais. E em causa está, também, a qualidade da formação médica

    A Associação Nacional de Estudantes de Medicina (ANEM) entregou ao Governo uma proposta para reduzir, em cinco anos, de 1800 para cerca de 1300 o número de estudantes de medicina por ano. Em causa está, dizem, a qualidade da formação médica em Portugal, pré e pós-graduada, o que pode vir a ter implicações na qualidade dos serviços de saúde da população.

    Ler mais na fonte: DN.PT